quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A diferença de cada um...


Esta na forma de agir, pensar e viver, e não em ser um patinho amarelinho ou pretinho, isso por que, todos são patos e patos são patos.

Ultimamente estamos vivendo em um mundo muito igualzinho, de pessoas iguais, de pensamentos iguais, de comportamentos iguais, de atitudes iguais e principalmente de uma modinha imposta e igualitária.

A sociedade que vivemos vem ditando regras e cada vez mais existe seguidores para esse modismo ridículo e exagerado. (não estou jugando ninguém, pois respeito o pensamento de cada um.)

Porque queremos ser iguais se podemos ser diferentes?
Porque quando somos diferentes somos taxados de aparecidos e loucos?
Porque só julgamos e não entendemos as atitudes que não as temos?

Bom, são perguntas que eu faço e eu mesmo respondo, pois esse comportamento me interessa e muito.

R1- Queremos ser iguais porque morremos de medo de ser questionados e não fazermos parte da tribo que estamos acostumados a freqüentar.

R2- Geralmente somos aparecidos porque temos atitudes loucas e não temos medo de ousar e muito menos estamos preocupados em fazer parte de tribos.

R3- O ser humano julga, pois é mais fácil julgar do que fazer algo diferente que faça bem para si mesmo e para um todo, neste caso, pensamos exatamente nos nossos interesses e não no coletivo. Oh gente, vivemos em sociedade!!!

Muito chama a minha atenção esta nova geração taxada de COLORIDOS, ou geração Z que está na moda falar, ou seja, a nova geração que vem misturando cores e fazendo um rock agressivo instrumentalmente e singelo em composição nada mais é do que uma mistura de comportamentos setentistas e oitentistas que vivemos em nossas gerações, pois já passamos pela Geração X eY estamos agora caminho para a X Y Z uma mistura de tudo que já foi vivido.

Veja os trajes e o visual dessa nova galera que estão sendo chamados de COLORIDOS, nada mais é do que uma mistura de punk, new wave, gótico e glan metal, pois quem viveu os anos setenta e oitenta, viu e até participou destes movimentos sabe muito bem do que eu estou falando.

Esse o um novo movimento que temos que entender e passar a respeitar, pois existe atitude, existe uma mistura de estilos, mas como disse o poeta, que na vida nada se cria, tudo se copia, esta nova geração está copiando o que pais e tios viveram no passado, se hoje são diferentes para você, ontem você também foi, mas se não foi, perdeu uma grande oportunidade de ser.

Não quero aqui impor nada e deixo claro que esse raciocínio e pensamento é exclusivamente meu, não sei se certo ou errado, mas é o que penso, falo isso para os conservadores que neste momento estão torcendo o nariz, por isso, coloco este pensar para você refletir e junto coloco a parábola “O Prato de Arroz” que gostaria de dividir como você;

"Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se vira para o chinês e pergunta:

Desculpe-me, mas o senhor acha mesmo que o seu defunto virá comer o arroz?

E o chinês responde: Sim, geralmente na mesma hora que o seu vem cheirar as flores !

"Respeitar as opções do outro "em qualquer aspecto" é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente.

Nunca julgue. Apenas compreenda".

Juntamente com essa parábola vem a música da Rita Lee, Balada do Louco;

“Dizem que sou louca
Por pensar assim
Se sou muito louca
Por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz!
E não é feliz!
Não é feliz...”

Por isso que devemos respeitar sempre o pensamento, as atitudes e o comportamento de cada um, pois, somos semelhantes fisicamente, mas bem diferentes no modo de agir, pensar e viver. Raul Seixas foi taxado como louco e drogado, mas teve a coragem de ser diferente como muitos outros seres humanos também tiveram, mas cuidado, pois Jesus Cristo foi santo e diferente, mas no seu caso foi pregado em uma cruz.

Diferenças existem e devem ser respeitadas, independente de sexo, raça, opção sexual e religião, isso por que, todos nós somos seres humanos e seres humanos são seres humanos.

"Vocês riem de mim por eu ser diferente, e eu rio de vocês por serem todos iguais" (Bob Marley)

4 comentários:

Liège disse...

Gui, que texto bacana!
Adorei e concordo com o que você escreveu.
O que dá beleza e riqueza ao ser humano são justamente as diferenças. E amar ao próximo significa também respeitar que ele pense de um modo diferente do nosso.
Beijos.

Iuri disse...

seu texto e otimo e me ajudou a compreende um poco mais esse mundo
onde as pessoas se repreendem por medo d serem espostos como loucos
obrigado.......

Iuri disse...

Seu texto expresso td oq nao consegui expressar muito obrigado por mais um ponto d luz tchau ....

Gui Venturini disse...

Olá Iuri, tudo bem?

Obrigado pelas palavras e saiba que o mundo real sempre nos trará dúvidas, e nós, devemos ter a paciência de saber seguir o caminho que nos fará feliz, independente de agradar ou não.

Seja feliz, luz e paz sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails