sexta-feira, 31 de maio de 2013

Linda como a cachoeira

Desaguar palavras nas águas de uma linda cachoeira e cobrir com um véu de gotículas os versos que reservei para cada frase que escrevo durante a vida. Estamos escrevendo "estórias" nos dias que passamos sentados a beira de um riacho de pensamentos, onde pedras são caminhos a ser seguidos em todo o trajeto da nossa vida ribeirinha.

O rio segue todos os dias o seu caminho, ele não se cansa de percorrer o mesmo trajeto todos os dias mesmo sabendo que não mais voltará a ver as lindas paisagens que ficam pelo caminho percorrido e assim segue seu destino.

Atrás das montanhas existe um arco-íris de cores e no fundo um lindo céu azul pixado com lindas nuvens brancas, o vento faz o movimento e as folhas verdes voam feito borboletas e descansam no ventre da terra que faz brotar mais uma vez uma semente que será regada pela água chorosa de uma lua cheia, incandescente de amor.

Os dias passam lento, o tempo muda a todo momento e as estações revesam-se para embelezar cada pedaço desse espaço chamado mundo, profundo de dúvidas e raso de entendimento. Assim navego pelo mar e o amar das ondas que se abraçam me faz lembrar das pequenas crianças a sorrir, do olhar a brilhar e dos sonhos a realizar.

Uma canção de ninar bate no mesmo ritmo do meu coração e me faz sorrir, por um momento tento segurar em minhas mãos a água, mas ela, escorre pelos meus dedos e tudo mais uma vez volta ao começo. Começar novamente após ao nascer do sol e descansar ao ascender de um novo luar.

Buongiorno...


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails