quarta-feira, 31 de março de 2010

A Dor


Não sei como chamar, pois está relacionado com metáfora, parábola ou fábula, mas seja lá em qual dessas palavras esse texto se encaixe espero que passe a mensagem.

A Dor

O APONTADOR, não apontou a dor e assim começou uma dolorosa estória, pois o PROCURADOR está á procura da dor que a cada dia está mais viva na vida de cada um. Outros vieram para ajudar e desta vez o foi á vez do dedo INDICADOR que tentou indica a dor, mas também não conseguiu.

E assim continuaram até chegar o TRABALHADOR que é um “expert” sobre dor, pois ele trabalha a dor que também não conseguiu dar um diagnóstico convincente e desta forma continuamos a tentar descobrir tudo sobre essa dolorosa palavra.

Para ajudar chegou o ENCANTADOR com sua flauta mágica, encanta a dor, mas não sabia encantar nem ele mesmo, logo após para dar um fim nesta pequena estória o DETONADOR que saiu dos filmes de Hollywood para ajudar e tentar detonar a dor, mas como era já sabido não conseguiu. A cada dia aparecia mais um candidato a ajudar e como não poderia faltar foi á vez do DITADOR que além de intimidar, dita a dor, mesmo assim nada foi resolvido.

E por aí fomos percorrendo todos os lugares e mais colaboradores foram chegando e quando menos esperávamos chegou o PREGADOR que era um representante dos deuses e sua maior especialidade é pregar a dor e como você já sabe; não chegamos a nenhuma conclusão.

Nesta hora já que os deuses não ajudaram tivemos que decorrer ao PENSADOR, porque nada mais, nada menos, ele pensa na dor e sua resposta foi; não penso nem em mim e muito menos na dor, pois ela vive com vocês, vocês podem me responder?

Silêncio total!

O ano foi passando e chegou o inverno e para espantar o frio nos lembramos do AQUECEDOR que era o mais próximo da dor, pois ele aquece a dor e todos queriam saber sobre ela e ele disse; eu aqueço, não falo e por aí continuamos procurando e quando menos esperávamos mais um apareceu e desta vez, quem era?

Quem?

O PURIFICADOR que por toda a vida tenta purifica a dor, mas até hoje nunca conseguiu e quando ninguém tinha mais forças para achar ou entender a maldita dor, chegaram a conclusão que era á hora de chamar o AMADOR, nesta hora, o descontentamento foi geral e assim todos indagaram; se nós não achamos e nem entendemos a dor como um AMADOR poderá nos ajudar? E nesta hora o AMADOR tomou a palavra e disse; se você não pode suportá-la então é melhor amá-la, pois um AMADOR, ama a dor e vive eternamente com ela.

Foto: Gui Venturini

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails